Buscar
  • Dr. Felippi Cordeiro

Gesso sintético pode ou não molhar?

Crianças estão sempre expostas a traumatismos. Quedas de altura, de bicicleta, skate, traumas esportivos entre outros estão sempre presentes na vida cotidiana dos pequenos.  Muitos desses traumas acabam acometendo os ossos e causando fraturas. O grande potencial de crescimento e a alta capacidade de consolidação óssea fazem com que a maioria das fraturas sejam tratadas de modo conservador, ou seja, sem necessidade de tratamento cirúrgico.


O tempo de tratamento e o tipo de imobilização escolhida depende de vários fatores: estabilidade da fratura, local da fratura, desvio inicial entre os fragmentos, energia do trauma, idade e sexo do paciente. Geralmente o gesso convencional é o escolhido, principalmente pelo fácil acesso e pela capacidade de modelagem de fraturas que necessitam de manipulação inicial. Porém este tipo de gesso apresenta algumas desvantagens como: suja fácil, não pode molhar, pesado, quente, quebra fácil e por isso requer muito cuidado (o que nem sempre é fácil para as crianças!!).


Dessa forma, diante de um quadro de fraturas, muitas mães procuram por alternativas, principalmente nas férias e em épocas de muito calor. E ainda bem elas existem!!

 O gesso sintético surgiu como uma ótima opção para o tratamento de fraturas estáveis e que não precisam de manipulação. Feito com material sintético é mais resistente, mais higiênico, mais leve e permite alguns respingos de água.  Mas não pode molhar totalmente? Não pode entrar na piscina? Cabe lembrar, que nem todo gesso sintético permite ser submerso na água, isso porque o material usado para proteção da pele (malha tubular e algodão sintético) retém a água no interior do gesso e isso pode causar lesões de pele importantes. Mas hoje em dias existem sim malhas e algodões que repelem a água e evitam o acumulo dentro do gesso. E esses sim podem ser submersos na água, permitindo tomar banho de gesso e entrar na piscina. Pergunte para o seu medico sobre esse tipo de gesso, com certeza o tratamento da fratura será mais fácil!!!


Além do gesso sintético, uma boa opção para o tratamento das fraturas são as órteses. Realizadas com material plástico e moldável, por uma terapeuta ocupacional habilitada, são ótimas opções para tratamento de fraturas subperiosteais ou para tratamento de fraturas em fase final de consolidação. São removíveis, leves e feitas sob medida o que permite maior conforto para o paciente.


O tipo de imobilização e o tempo que cada criança deve permanecer com ela é sempre indicado pelo seu médico.



Cuidados com gesso sintético que pode molhar:

· Pode ser submerso na água

· Evite contato com lugares muito sujos e nunca coloque nada dentro gesso

· Após sair do banho ou sair da piscina sempre use um secador em modo de ar frio para ajudar a evitar acumulo de água

· Sempre pergunte ao seu médico e siga suas orientações sobre o que pode ou não ser feito com gesso.

580 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
BG.jpg
Logo Branca_site2.png

ENDEREÇO

Rua Mato Grosso, 306 1° andar


Avenida Albert Einstein 627 - Bloco A1 - Consultório 118

JUNTE-SE À NOSSA LISTA DE EMAILS

© 2020 Dr. Felippi Cordeiro - Desenvolvido por  One Media Agency